(Foto: Divulgação)

“continuam teimando em criar cozinheiras e cozinheiros jovens que não têm carisma de audiência”

Se a dona de casa for questionada sobre o que marcou a cozinha na TV brasileira, de imediato vão responder que foi Dona Benta, Ofélia e Palmirinha. Três senhoras cozinheiras de longa idade que tinham carisma para fazer TV aberta e conversar com a dona de casa, que representa 80% de quem vê TV aberta.

Podem tentar criar jovens cozinheiros o quanto desejarem que não vão suprir a carência da dona de casa, e a audiência sempre vai ser lembrada para estas que são as marcas reais da cozinha.

Os diretores das emissoras, entretanto, continuam teimando em criar cozinheiras e cozinheiros jovens que não têm carisma de audiência com as donas de casas.

Texto: James Akel

"Foi do lugar 1000 pra 370 mil e caiu 370 mil lugares."

“Para a nova gestão da Globo, o cinema brasileiro e a Globo Filmes são irrelevantes.”

- Em 2013, a Globo Filmes teve mais de 20 milhões de espectadores nos seus filmes co-produzidos. Em 2014 serão pouco mais de 10 milhões, em uma queda pela metade, enquanto o cinema americano cresceu em público, renda e participação;

- Nenhum filme da Globo Filmes ficou entre os 10 filmes mais vistos do ano no Brasil, fato inédito nos últimos dez anos. Só no ano passado foram 2 emplacados;

- Desde que a nova gestão assumiu, nenhum filme da Globo Filmes foi indicado a representar o Brasil no Oscar por 2 anos consecutivos, fato também inédito nos últimos 10 anos;

- A Globo Filmes acabou com o programa de apoio ao lançamento de filmes considerados médios, de 100 a 300 mil espectadores, nos quais a produtora alavancava com mídia na TV o público nas salas de 6 a 8 filmes independentes por ano;

- A Globo decidiu “editar” séries antigas já exibidas para formato de longas e exibirá, em janeiro, no lugar do tradicionalíssimo Festival do Cinema Nacional, com filmes brasileiros inéditos. Um desprestígio para o cinema nacional da maior TV aberta do país;

- A Globo Filmes optou por não permitir que o filme “Tim Maia” siga seu caminho natural de salas de cinema, pois exibirá o filme diretamente na TV aberta em formato de série descaracterizando o formato cinematográfico.

Para a nova gestão da Globo, o cinema brasileiro e a Globo Filmes são irrelevantes.

Texto: James Akel

Adriane Galisteu fim do Muito Mais

“Faltou a Globo e o SporTV contarem como sumiram com Adriane Galisteu no dia da morte de Senna.”

A história das coisas só vale para a Globo no que esta deseja que seja mostrada.

Na noite de Natal, o SporTV, canal à cabo da Globo, mostrou um documentário feito sobre os 20 anos da morte de Ayrton Senna. Mostraram tantos detalhes do fim de semana da morte de Senna, e simplesmente sumiram com Adriane Galisteu, pessoa que teria muitas coisas a contar sobre palavras que ele lhe disse naqueles dias.

Existe até um livro escrito pelo jornalista Nirlando Beirão sobre Senna e Adriane, mas parece que a Globo não queria mostrar Adriane, talvez para não melindrar Xuxa que tinha ficado para trás no namoro e queria Senna de qualquer jeito, disputando-o com Adriane. Aliás, existe um depoimento de Xuxa sobre isso, no qual ela declara que iria para a disputa por Senna mesmo sabendo que ele estava namorando de verdade Adriane Galisteu, e o namoro não era um caso, como muitos teimavam em dizer. Até porque a família de Senna era contra o namoro. Dizer que não gostava de Adriane era pouco.

A reportagem da Globo e SporTV sobre os vinte anos da morte de Senna deveria ter tido a maturidade de mostrar Adriane Galisteu em seu papel real de namorada de Senna durante a temporada que terminou com a morte do piloto, e que tanto tinha a dizer. Tudo isso era natural de ser mostrado em uma reportagem que mostrou tantas coisas pessoais, como o hotel e a suíte onde ele ficava, a mesa do restaurante que usava, além de pessoas que estavam sempre com ele e que deram depoimentos tão bonitos do último momento.

Faltou a Globo e o SporTV contarem como sumiram com Adriane Galisteu no dia da morte de Senna.

Texto: James Akel

Drica Moraes (Foto: Globo/Alex Carvalho)

Drica Moraes levou o troféu de Melhor Atriz Coadjuvante
(Foto: Globo/Alex Carvalho)

Na noite deste domingo, dia 28, Fausto Silva anunciou os ‘Melhores do Ano 2014’, no palco do ‘Domingão do Faustão’. Em uma grande festa, o apresentador recebeu os destaques do jornalismo, do entretenimento e da música, na 19ª edição do prêmio, que este ano teve três novas categorias: ‘Melhor Repórter de Jornalismo’, ‘Melhor Atriz de Série’ e ‘Melhor Ator de Série’. No total, 15 personalidades foram premiadas. Durante todo o evento, os indicados tiveram a oportunidade de confraternizar e celebrar o ano de sucesso num lounge montado especialmente para a atração.

Os musicais da noite ficaram por conta dos três indicados ao título da ‘Melhor Música do Ano’. A Banda Malta levantou o público com o hit “Diz pra Mim”. A dupla Marcos e Belutti emocionou os fãs ao apresentar a canção “Domingo de Manhã”. E MC Guimê contou com a participação de Neymar, Kaká, Robinho e David Luiz na performance de “País do Futebol”. Os jogadores gravaram vídeos dançando ao som da música, que foram exibidos durante a apresentação de Guimê.

Entre as 15 categorias, a novela ‘Império’ conquistou cinco estatuetas: a de ‘Melhor Ator de Novela’ (Alexandre Nero – José Alfredo); ‘Atriz Coadjuvante’ (Drica Moraes – Cora); ‘Ator Coadjuvante’ (Aílton Graça – Xana Summer); ‘Ator Revelação’ (Chay Suede – José Alfredo -1ª fase) e ‘Atriz Revelação’ (Josie Pessoa – Du). Nas três novas categorias, quem ganhou o prêmio de ‘Melhor Repórter de Jornalismo’ foi Fernanda Gentil. Como ‘Melhor Ator de Série’, o escolhido foi Bruno Gagliasso e Fernanda Torres, a ‘Melhor Atriz de Série`.

Claudia Leitte foi eleita a ‘Melhor Cantora do Ano’ e concorreu ao título com Ivete Sangalo e Paula Fernandes. Já Luan Santana levou mais uma vez para casa o prêmio de ‘Melhor Cantor’. Estreante no ‘Melhores’, a banda Malta conquistou a ‘Música do Ano’.

O prêmio de ‘Melhor Atriz’ foi para Cláudia Abreu por Pamela Parker, em Geração Brasil. Giovani Rispoli (Claudia – Boogie Oogie) conquistou o troféu de ‘Melhor Atriz Mirim’. Na tradicional categoria ‘Apresentador de Jornalismo’, o ganhador foi Evaristo Costa. Já Leandro Hassum ganhou como ‘Melhor Comediante’ pela segunda vez consecutiva.

Confira todos os vencedores da 19ª  edição do ‘Melhores do Ano’:
Melhor Ator: Alexandre Nero
Melhor Atriz: Cláudia Abreu
Melhor Ator de Série: Bruno Gagliasso
Melhor Atriz de Série: Fernanda Torres
Ator Coadjuvante: Aílton Graça
Atriz Coadjuvante: Drica Moraes
Atriz Revelação: Josie Pessoa
Ator Revelação: Chay Suede
Ator/Atriz Mirim: Giovanna Rispoli
Melhor Cantora: Claudia Leitte
Melhor Cantor: Luan Santana
Música do Ano: “Diz Pra Mim” – Malta
Comédia: Leandro Hassum
Jornalismo – Repórter: Fernanda Gentil
Jornalismo – Apresentador: Evaristo Costa

Apresentado por Fausto Silva, o ‘Domingão do Faustão’ tem direção artística de Adriano Ricco e direção geral de Jayme Praça.

Drica Moraes, Ailton Graça, Chay Sued e Josie Pessoa (Foto: Globo/João Miguel Júnior)

Drica Moraes, Ailton Graça, Chay Sued e Josie Pessoa
(Foto: Globo/João Miguel Júnior)

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

A série “The Flash”, que é exibida pela The CW nos Estados Unidos, terá uma segunda temporada em 2015. Segundo o Spoiler TV, o canal já deu sinal verde para o começo da produção da nova temporada, mas não informou o número de episódios.

“The Flash” estreou na TV americana em 7 de outubro como a melhor audiência do canal The CW em cinco anos. O primeiro episódio foi assistido por 4,5 milhões de telespectadores, só ficando atrás dos números da estreia de “The Vampire Diaries” em 2009.

Na última semana, a Globo anunciou a compra dos direitos de exibição. A emissora carioca transmitirá a série do velocista escarlate entre os dias 6 e 24 de abril, logo após o “Jornal da Globo”, no lugar do “Programa do Jô”.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

A autora de novelas Glória Perez prestou uma homenagem à filha, Daniella, que morreu há 22 anos. A novelista compartilhou em suas redes sociais uma foto da atriz. “Hoje faz 22 anos: 22 anos que ela não pôde viver!”, lamentou Glória, que também compartilhou o cartão de nascimento da filha.

A autora recebeu apoio de vários internautas. “Jamais vou esquecer da Daniela e para sempre serei fã dela como atriz e dançarina e sempre carrego ela no meu <3″, escreveu uma seguidora.

Já outra disse: “mesmo depois de 22 anos ainda não tenho palavras para dizer, somente o silêncio para manifestar meus sentimentos!”. E mais uma internauta postou: “Mesmo depois de 22 anos ainda não tenho palavras para dizer, somente o silêncio para manifestar meus sentimentos!”.

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

No dia 28 de dezembro de 1992, Daniella Perez foi assassinada pelo Guilherme de Pádua e sua namorada na época, Paula Thomaz. Morta a tesouradas, ela levou 18 perfurações no pescoço, pulmão e o coração, e seu corpo foi encontrado em um região de floresta na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.

Na época, Daniella fazia par romântico com Guilherme na novela escrita por Glória, De Corpo e Alma. Para justificar, seu personagem foi estudar no exterior enquanto o papel do ator simplesmente sumiu da novela. Ele deixou a prisão em 1999, após cumprir um terço da pena, assim como Paula, que estava grávida do ator na época do assassinato.

20141227025100

(Foto: Divulgação)

No “Programa Eliana” deste domingo (28), aconteceu a grande final do ‘Fenômenos do You Tube’. Depois dos vídeos serem selecionados pelo público, eles voltaram ao palco do programa mostrando novidades e esperando para saber quem fatura R$ 50 mil reais em prêmio. O cantor Belo animou ainda mais a festa dos participantes e do vencedor.

Teve ainda o “Rede da Fama” com a dupla Edson e Hudson. No palco, os artistas disseram quem adicionam ou não na rede de amigos, os vídeos que curtem. Hudson falou sobre seus planos de se casar em fevereiro e muito mais.

Essas e outras atrações fizeram o dominical fechar o ano na vice-liderança. De acordo com os dados ainda preliminares, o “Programa Eliana” fechou com média de 7 pontos contra 6 da Record, 11 da Globo e 2 da Band. Cada ponto equivale a 65 mil habitantes na Grande São Paulo.

Publicidade