Imagem Reprodução.

Imagem Reprodução.

A Teledramaturgia é sem dúvida o principal produto da televisão brasileira, e na maioria das vezes é responsável pelas maior audiência das emissoras.

Há alguns anos, a Record conseguiu vencer o invencível “Jornal Nacional”, justamente com a novela “Prova de Amor”. No SBT “Chiquititas” é de longe o maior sucesso do canal, e na Globo temos como a maior audiência da televisão brasileira atualmente a novela “Império”. Mas nem sempre as novelas são motivos de orgulho, algumas vezes sofrem forte rejeição do público, amargam baixa audiência e se tornam uma verdadeira mancha na carreira dos autores e até mesmo do elenco.

Pensando nisso, o TV FOCO preparou uma material exclusiva listando as 6 novelas que decepcionaram o público, a emissora e não deixaram saudades.

Relembre:

“Zaza” – Globo 1997

Imagem Reprodução.

Imagem Reprodução.

Quase 10 anos depois de escrever o fenômeno “Salvador da Pátria”, Lauro César Muniz errou feio ao escrever “Zaza”, e em nada lembrava os trabalhos de sucesso do autor. A trama tinha como protagonista Fernanda Montenegro que interpretava a personagem Zaza Dumont que jurava ser filha de Santos Dumont e era apaixonada por aviação. Para se ter noção do tamanho do fracasso, o próprio autor revelou em uma entrevista que perdeu completamente o controle da história,  e que após a trama pensou seriamente em parar de escrever novela. Ele ainda classificou essa triste experiência como traumatizante.

“Vende-se um Véu de Noiva” – SBT 2009

Imagem Reprodução.

Imagem Reprodução.

Se dependesse apenas da inspiração de Íris Abravanel, que se baseou na obra homônima da grande escritora Janete Clair, certamente a trama seria um sucesso, pois é, não foi. A história girava em torno do casal Maria Célia e Rubens Baronese, interpretados por Thaís Pacholek e Nando Rodrigues. Mesmo com grande divulgação e sendo anunciada pelo próprio Sílvio Santos a novela não escapou da baixa audiência e ficou durante todos os meses de exibição em quarto lugar. Diante desse resultado pífio, o folhetim do SBT saiu do ar dois meses antes do previsto.

“Metamorphoses” – Record 2004

Luciano Szafir atuou na novela. Foto  Reprodução.

Luciano Szafir atuou na novela. Foto Reprodução.

Depois de um curto espaço de tempo longe das novelas,  a Record resolveu voltar a apostar no gênero com o objetivo de conquistar a vice-liderança, e estreou em 2004 “Metamorphoses”. A história girava em torno de duas irmãs que administravam uma clínica de cirurgia plástica e eram perseguidas pela máfia japonesa.

A novela estreou em um dia bastante atípico, num domingo, e conquistou boa audiência marcando 11 pontos. Porém quando passou a ser exibida durante a semana os números despencaram, e a novela fechou com média geral de 3 pontos. “Metamorphoses” tinha como autor o pseudônimo Charlotte K, após os verdadeiros escritores deixarem a trama devido divergências com a produtora.

“Tempos Modernos” – Globo 2010

Antônio Fagundes atuou na trama. Imagem Reprodução.

Antônio Fagundes atuou na trama. Imagem Reprodução.

Prometendo inovar, a novela “Tempos Modernos” contava a história do empresário Leal (Antônio Fagundes) e seu computador Frank. Com foco na tecnologia, a novela não agradou ao público que respondeu com baixa audiência. Nessa época as tramas globais não ficavam abaixo dos 30 pontos, mas a obra de Bosco Brasil quebrou todos os recordes negativos, fechou com média de 24 (o pior da história da Globo até 2010) e chegou a marcar algumas vezes 17 pontos. Números comuns para os padrões da emissora hoje em dia, mas que na época eram um verdadeiro pesadelo.

“Máscaras” – Record 2012

Elenco de "Máscaras". Imagem Reprodução.

Elenco de “Máscaras”. Imagem Reprodução.

Se Lauro César Muniz tivesse deixado de escrever novelas depois de “Zaza”, como chegou a cogitar, teria evitado outro fracasso ao longo de sua carreira. “Máscaras” estreou cercada de grande expectativa na emissora, gravada em um navio de luxo, a trama tinha como meta nada menos do que 15 pontos de audiência, porém a realidade foi desastrosa. Além de não cumprir a meta, a novela conseguiu a proeza de perder metade do público de sua antecessora, na época “Vidas em Jogo” que encerrou seus trabalhos com 12 pontos, já “Máscaras” conquistou apenas 6.

Vale lembrar que desde então nenhuma novela da Record voltou a ter o sucesso que tinha antes, e a trama de Lauro César Muniz deixou uma herança indesejada para o canal dos bispos. Após esse fracasso o autor afirmou que não volta a escrever novelas, e que seu foco agora são as séries.

“Vira-Lata” – Globo 1996

Imagem Reprodução.

Imagem Reprodução.

Carlos Lombardi foi outro exemplo de um grande autor que derrapou em algum momento de sua carreira. Depois dos fenômenos “Bebê a Bordo” e “Quatro por Quatro” foi difícil acreditar que um escritor tão talentoso escreveu “Vira-Lata”. Em certo momento da história, o casal protagonista foi substituído pelo casal coadjuvante Fidel e Renata, que possuíam maior carisma com o público. Em uma entrevista Lombardi admitiu que a trama foi uma mancha em seu currículo. Recentemente o autor mudou de emissora,  e na Record escreveu “Pecado Mortal”, novela que assim como as outras, sofreu com o efeito “Máscaras”, marcou baixa audiência,  porém foi bastante elogiada pela crítica especializada.

Danilo Reis e Felipe. (Foto: Reprodução)

Danilo Reis e Rafael, os vencedores do ‘‘The Voice Brasil 2014’’, já decidiram o que vão fazer com o prêmio que ganharam. Com R$ 508 mil, eles pretendem lançar uma nova música e várias outras coisas.

‘‘A gente vai sentar e conversar para ver algumas letras e tentar lançar uma música o mais rápido possível. A gente espera que o Brasil aceite a nossa música do mesmo jeito que nos aceitou no programa’’, disse Danilo ao ‘‘UOL’’.

Rafael também tem planos para o dinheiro! Ele pretende ajudar financeiramente a família: ‘‘A primeira coisa que eu vou fazer com o prêmio é abençoar a minha mãe e o meu pai. Quero dar para eles algo que os dois queiram muito. Também quero quitar todas as dívidas que os meus pais têm para deixá-los bem tranquilos. Eles merecem’’.

Danilo Reis e Rafael foram os vencedores da terceira edição do ‘‘The Voice Brasil’’. A dupla ganhou com 43%. Eles eliminaram o cearense Romero Ribero, o carioca Lui Medeiros e o gaúcho Kim Lírio.

Globo_50 anos_2015

No ano em que comemora seus 50 anos, Globo terá início de ano cheio de estreias (Foto: Globo/ Divulgação)

O ano de 2015 será marcado pela celebração dos 50 anos da Globo. As comemorações começam em janeiro, com o projeto especial ‘Luz, Câmera 50 anos’, que exibirá sucessos históricos da TV em formato de filme. E este será apenas o começo, pois filmes especiais, microsséries, ‘BBB15’ e outras novidades estreiam na programação de janeiro da Globo.

No primeiro dia do ano novo, a Globo exibe o especial ‘Tim Maia – Vale o que Vier’. Uma recriação do filme dirigido por Mauro Lima para a TV, o especial irá ao ar em dois dias, 1º e 2 de janeiro. Além de cenas do longa-metragem original, esta versão, assinada pelo diretor Luis Felipe Sá, traz novos conteúdos, como cenas inéditas e imagens de arquivo. O especial retrata a trajetória profissional e a vida de um dos cantores mais queridos e importantes do país. ‘Tim Maia – Vale o que Vier’ vai ao ar logo após Império.

No dia 5, estreia a segunda temporada da série norte-americana de ficção científica ‘Under the Dome – Prisão Invisível’. Baseada no livro homônimo, do escritor Stephen King, a obra conta a história de uma força misteriosa que se instala sob Chester’s Mill, cidadezinha do interior dos Estados Unidos, e que cria uma redoma que isola os moradores da região do resto do mundo. Estrelada pelos atores Mike Vogel, Rachelle LeFrevre, Dean Norris e Natalie Martinez, a nova temporada começa a todo o vapor com a redoma emitindo magnetismo, o que pode ser fatal. Dois grandes personagens não sobreviverão ao primeiro episódio e novos rostos irão povoar Chester’s Mill. A produção, que tem direção de Jack Bender e roteiro de Stephen King e Brian k. Voughan, irá ao ar de 5 a 16 de janeiro, de segunda a sexta-feira, logo após o ‘Jornal da Globo’.

A partir do dia 6, o ‘Luz, Câmera 50 anos’ mostra ao público uma nova leitura de alguns dos grandes sucessos que fizeram parte da história da televisão brasileira. O projeto exibirá 12 longas-metragens extraídos de séries e minisséries que marcaram época. ‘Anos Dourados’, de 1986, ‘As Noivas de Copacabana’, de 1992, ‘Maysa, quando fala o coração’, de 2009, e ‘A Teia’, de 2014, estão entre as produções que foram adaptadas e serão apresentadas no novo formato. O primeiro telefilme, ‘O Canto da Sereia’, de 2013, será exibido no dia 6, logo após ‘Império’. (leia mais aqui)

No dia 20, o  público vai conhecer os novos participantes do ‘Big Brother Brasil’. Apresentado por Pedro Bial, o ‘BBB’ chegará em 2015 em sua 15ª edição.

No domingo, dia 25, logo após o ‘BBB15’, a emoção e a adrenalina do ‘Planeta Extremo’ voltam ao ar. Depois do sucesso do quadro no ‘Esporte Espetacular’ e no ‘Fantástico’, a atração finalista do International Emmy Awards ganha um programa próprio.  Em novo formato, Clayton Conservani terá a companhia de Carol Barcellos para enfrentar o desconhecido nesta nova temporada, que pretende levar os telespectadores aos lugares mais lindos, inóspitos e perigosos do mundo. Os apresentadores enfrentam cachoeiras congeladas, rios de lava, ultramaratonas, montanhas e cânions, além de escalar vulcões em erupção e mergulhar em cavernas. Uma combinação que une exploração, emoção, esporte e ciência em imagens inéditas, sob vários ângulos que vão surpreender o público.

O mês de janeiro termina com a estreia da minissérie ‘Felizes para Sempre?’, que chega às telas da Globo no dia 26. Escrita por Euclydes Marinho, ‘Felizes para Sempre?’ é uma releitura de ‘Quem Ama não mata’, minissérie exibida em 1982 e escrita por ele mesmo. A série mostra os dilemas morais que permeiam a vida de cinco casais. O desejo, a mentira, a ambição e a traição culminam num crime passional e todos os personagens têm motivos para matar ou morrer. Com produção da O2 Filmes, a minissérie tem direção geral de Fernando Meirelles e direção de Luciano Moura, Rodrigo Meirelles e Paulo Morelli, além de um elenco estrelado. Adriana Esteves, Cassia Kis Magro, Enrique Diaz, Maria Fernanda Cândido e João Miguel são alguns dos nomes.

Imagem de Amostra do You Tube

O ator vai interpretar (Foto: Divulgação)

O ator vai interpretar Rogê Ferro (Foto: Divulgação)

Sem visibilidade nacional desde 2009, quando participou do reality “A Fazenda”, na Record, Igor Cotrim vai integrar o elenco de mais um filme nos cinemas. Ele, que fez uma participação em “Flor do Caribe” (2013), agora será um ator pornô nas telonas.

Ele vai interpretar um dos atores do gênero mais conhecidos pelos filmes de conteúdo adulto, Rogê Ferro. Para o personagem, o ator terá que investir na malhação e melhorar o físico, ficando mais forte. “Vou entrar no fantástico mundo da batata-doce” disse ele.

“Precisarei ter uma disciplina absurda. Já cortei a bebida há um tempo e no ano que vem vou começar a treinar com o próprio Rogê, que é personal trainer”, afirmou o ator, que Igor, que interpretou um travesti no filme “Elvis & Madona” em 2010.

Igor Cotrim começou a fazer sucesso no início dos anos 2000, com o personagem Boca, no seriado “Sandy & Junior”. Polêmico no reality da Record, ele acredita que sua exposição em “A Fazenda” pode ter prejudicado a sua carreira na teledramaturgia.

“Depois dali, ninguém teve interesse, ninguém chamou para testes. Eu queria muito voltar para a TV. Em ‘Sandy & Junior’ todo mundo adorava, mas de repente virei o vilão. Talvez eu assuste muito porque não sou massa de manobra”, avaliou o ator.

O ator já começou a gravar (Foto: Divulgação)

O ator já começou a gravar (Foto: Divulgação)

A Record já deu início às gravações de sua próxima novela, “Os Dez Mandamentos”. Primeira no segmento bíblico, a trama tem previsão de estreia para março do ano que vem. O protagonista, Guilherme Winter, já vestiu o figurino do personagem.

Intérprete de Moisés, ele já começou a ser filmado em estúdio e em externas, no deserto do Atacama, no Chile. O elenco da trama já passou por no RecNov e se preparam assistindo a filmes bíblico, segundo informa o jornalista Fernando Oliveira em sua coluna.

Carlos Bonow, Denise Del Vecchio, Floriano Peixoto, Gisele Itié, Juliana Didone, Kiko Pissolato, Larissa Maciel, Luciano Szafir, Paulo Gorgulho, Sergio Marone, Sidney Sampaio, Vera Zimmermann, Vitor Hugo, Vitor Pecoraro, entre outros, estão no elenco.

Confira a foto do personagem principal:

Guilherme Winter caracterizado de Moisés (Foto: Divulgação)

Guilherme Winter caracterizado de Moisés (Foto: Divulgação)

Xuxa foi entrevistada por Ivete Sangalo (Foto: Divulgação)

Xuxa foi entrevistada por Ivete Sangalo (Foto: Divulgação)

Com a dúvida se continuará ou não na Globo na cabeça, Xuxa parece estar bem despreocupada em relação ao seu futuro profissional. Nas redes sociais, ela age como se nada estivesse acontecendo. Na mídia, a loira também ignora o caso que virou notícia nas últimas semanas.

Recentemente, ela protagonizou um especial no canal Viva, da Globosat, e nesta semana, ela gravou uma participação no programa de Ivete Sangalo, o “Superbonita”, da GNT, também do Grupo Globo. Na ocasião, a loira parecia muito bem, e se transformou na cantora Lady Gaga.

De acordo com a coluna “Zapping”, do jornal “Agora São Paulo”, a apresentadora apareceu completamente diferente, maquiada por Fernando Torquatto. O resultado poderá se visto a partir de março de 2015, com a estreia da nova temporada do programa de beleza.

Lulu Santos, Di Ferrero, Danilo Reis e Rafael (Foto: Globo / João Miguel)

Lulu Santos, Di Ferrero, Danilo Reis e Rafael
(Foto: Globo / João Miguel)

“Danilo Reis e Rafael têm um traço na personalidade deles, a simplicidade. Que é a tradução da verdadeira sofisticação dos dois. Eles têm a capacidade de juntar a Zona Norte à Zona Sul. Sabem administrar toda grandeza da música brasileira”, disse Lulu Santos sintetizando a opinião do público que elegeu a dupla sertaneja a nova voz do Brasil. Os mineiros de Betim foram os vencedores da terceira edição do ‘The Voice Brasil’, realizada nesta quinta-feira, dia 25, no Citibank Hall, no Rio de Janeiro. Numa noite emocionante, os quatro finalistas – Kim Lírio, Lui Medeiros, Romero Ribeiro e a dupla vencedora – se reuniram com os quatro técnicos – Claudia Leitte, Daniel, Carlinhos Brown e Lulu Santos – e convidados especiais em clima de festa.

Com apresentações inesquecíveis, os finalistas abriram o programa e, juntos, cantaram “Pro Dia Nascer Feliz”, sucesso imortalizado na voz de Cazuza. Em seguida foi a vez de Lulu Santos presentear a todos com “Segue de Volta?”, música de seu novo CD “Luiz Maurício”. Na sequencia, Lui Medeiros, do time de Claudia Leitte, deu inicio à disputa. O carioca, que chegou a mudar de time durante a fase de ‘Batalhas’, apresentou “Um Dia, Um Adeus”, de Guilherme Arantes.

Em seguida, as parcerias da noite. Daniel, Luiza Possi, Rogério Flausino e Kim cantaram “Amor Pra Recomeçar”, de Frejat. Os vencedores das últimas edições Ellen Oléria e Sam Alves subiram ao palco com Luana Fernandes, candidata desta edição escolhida pelo público no quadro “Cante Outra Vez”, do Caldeirão do Huck, para cantar na final. O trio mostrou entrosamento em um medley de “Troublemaker”, “Zumbi” e “Pais e Filhos”. O samba tomou conta do palco na apresentação de Carlinhos Brown, Dudu Nobre e Romero Ribeiro em “Deixa a Vida me Levar”, de Zeca Pagodinho.

Sob o comando de Tiago Leifert, com Fernanda Souza, a emoção rolou solta em cada número. Kim Lírio, do time de Daniel, interpretou mais um sucesso de Cazuza. O roqueiro soltou a voz com “Ideologia”. Claudia Leitte mostrou a nova musica “Signs”, na versão original, em inglês, e em português.

O ringue musical continuou com a apresentação de Romero Ribeiro, que manteve a tradição e levou o pagode para a final com “Sou o Cara pra Você”, sucesso de Thiaguinho. Lulu Santos e seu assistente Di Ferreiro, cantaram “Como uma Onda” com Danilo Reis e Rafael e participação de Gee Rocha, do NX Zero, na guitarra.

A expectativa sobre quem seria o vencedor era grande quando Daniel subiu ao palco e fez sua apresentação solo com o clássico “Disparada”. Ao som de “Smooth”, sucesso de Santana, o trio Claudia Leitte, Pepeu Gomes e Lui Medeiros protagonizaram mais uma performance de tirar o fôlego. Os últimos finalistas da noite a se apresentar foram a dupla Danilo Reis e Rafael. Os candidatos do time de Lulu Santos, que marcaram a competição com seus hits sertanejos, inovaram ao apresentar “Dois Rios”, música da banda mineira Skank.

Mas a noite prometia mais uma surpresa. Carlinhos Brown relembrou um dos hits de Os Tribalistas ao cantar “Mary Cristo”, sob a regência do maestro João Carlos Martins ao piano e coro formado por jovens, entre eles, Clara, filha do cantor. Antes do anúncio final, a banda Malta, vencedora do reality musical ‘SuperStar’ levou o sucesso “Diz pra mim” para o palco do ‘The Voice Brasil’.

Durante todo o programa o público teve papel primordial na disputa, vibrando e incentivando seus candidatos na plateia. Além disso, centenas de pessoas se reuniram em Betim (MG), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro e Cascavel (CE) para torcer pelos seus preferidos. E foi o público também que, através de votação, escolheu Danilo e Rafael como os grandes vencedores da noite. A dupla ganhou um prêmio no valor de R$ 500 mil e um contrato para a gravação de um CD pela Universal Music.
“É apropriado fazer essa final na noite de Natal. Ficamos ainda mais emocionados”, disse Tiago Leifert, antes do anúncio dos campeões que encerraram a festa ao som de “ Sinônimos”.

O ‘The Voice Brasil’ tem apresentação de Tiago Leifert, e Fernanda Souza, no conteúdo interativo. O programa tem direção geral de Creso Eduardo Macedo.

O programa sofre com o desgaste (Foto: Divulgação)

O programa sofre com o desgaste (Foto: Divulgação)

A pré-produção do novo “Zorra Total” está a todo vapor na Globo. A atração, que será reformulada no próximo ano, começará a gravar com o novo formato já a partir de janeiro do ano que vem, sob a direção de Maurício Farias.

De acordo com o jornalista Flávio Ricco, o diretor já está trabalhando com este tempo e esta antecedência, para que nada comprometa a implantação da nova fase do programa. Na Globo, a expectativa sobre a atração são muitas.

Há bastante tempo o programa estava precisando de uma mudança radical, em outros moldes, fora do atual, que já se desgastou com os anos. A estreia do novo formato está prevista para abril, junto com a nova programação.

Anitta estará em cinco episódios (Foto: Divulgação)

Anitta estará em cinco episódios (Foto: Divulgação)

Dando sequência à sua carreira de atriz, após a sua participação no telefilme de Renato Aragão na Globo, a cantora Anitta integra o elenco da terceira temporada da série “Vai que Cola”, que será exibida no canal Multishow.

A atração, que se encaminha para a terceira temporada, contará com cerca de 40 episódios no total, e desses, a funkeira deve participar de cinco. Além dela, outras personalidades farão participações, como Tom Cavalcante.

Os nomes de Paulinho Serra, Bento Ribeiro e Silvio Guindane também estarão na temporada, cujo roteiro é escrito por Fernando Caruso. A produção foi um dos maiores acertos do canal pago, que teve grande repercussão.

A segunda temporada do humorístico teve audiência 23% superior à primeira, exibida no ano passado.

Publicidade